Florais de Bach

O que é uma Terapia Floral?

É a terapia dos sentimentos e pensamentos.

A Terapia Floral é uma terapia vibracional Complementar, reconhecida pela OMS.

O Sistema das flores do Dr. Bach.

Em 24 de setembro de 1886, na cidade inglesa de Moseley, nasceu Edward Bach.

O Dr Bach frequentou a Universidade de Birminghan- 1912. Recebeu em Londres os títulos de Bacteriologista e Patologista em 1913 e o Diploma de Saúde Pública em 1914.

Em 1930, Dr Edward Bach. abandonou suas pesquisa e trabalho no meio acadêmico para dedicar-se integralmente á descoberta e ao aperfeiçoamento do seu Método de Cura pelas Flores. Buscou nas plantas a essência que possibilitava restaurar a vitalidade, superando os estados emocionais, trazendo uma serenidade.

Após 6 anos convivendo coma natureza Bach chesou ao Sistema definitivo que consiste em 38 essências para os 7 grandes desequilíbrios emocionais.

Verdades fundamentais segundo Dr. Bach:

1-"O homem possui uma alma que é seu eu Real. também denominado de Eu Superior, Eu Espiritual."

2-"Nós, tanto quanto sabemos a cerca de nós mesmos neste mundo, somos personalidades vindas aqui com uma missão de obter todo o conhecimento e toda a experiência que podem ser adquiridos ao longo da existência terrena e avançar em direção á perfeição de nossas naturezas."

3-" A vida não é mais que um breve instante no curso de nossa evolução."

4-Contanto que nossa Almas e personalidades estejam em harmonia, tudo é paz e alegria, felicidade e saúde. O conflito aparece quando a personalidade é dissociado do Eu Maior, sendo esta a causa da doença e da infelicidade."

5- Por fim... "É a compreensão da Unidade de todas as coisas...assim, qualquer ação contra nós mesmos ou contra uma outra pessoa afeta o conjunto causando imperfeição numa parte e isso se reflete no todo, do qual toda partícula deve chegar finalmente á perfeição."

A doença, não tem origem material. Logo, é preciso tratar das emoções para preenir as doenças do corpo físico.

O enfrentamento do homem com a sua finitude e sua singularidade podem levá-lo ao sofrimento ou a falta de sentido vital. O paciente precisa compreender que ele e somente ele pode trazer o alívio para o seu sofrimento. não há um culpado, nem mesmo o seu próprio inconsciente. Entender que não há orgulho em se estar doente ou ter sintomas desagradáveis por conta dos estados emocionais.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo